Tour du Mont Blanc – II

Voltamos aos Alpes?
O relato remonta ao segundo dia de aventura. Já calçaram as botas? A mochila nas costas? Ora vamos lá…

Dia 2: Les Contamines – Refúgio Croix du Bonhomme (França)
O despertador toca, uma vez mais, a horas algo impróprias, mas… dá saúde e faz crescer. Os seis valentes membros do Um Par de Botas estão prontos para cumprir a segunda etapa. Espera-nos um percurso de 14 km. Bafejados pelo bom tempo, iniciámos a caminhada em direção ao Refúgio de La Balme. Após curta paragem seguimos para o Col du Bonhomme que, segundo o marco, regista uma altitude de 2329 metros. Mais uns passos e chegámos ao destino – Refúgio de La Croix du Bonhomme.  Neste dia terminámos demasiado cedo e só nos foi permitido tomar banho no final da tarde. A água era fria. O refúgio demasiado grande e, na minha opinião, pouco acolhedor, mas rodeado de uma paisagem que fazia suster a respiração para, posteriormente, libertar o ar de forma (a)morosa.

p1060315p1060319p1060342p106035417210874_6zzwmp1060623p1060582
p1060503p1060625p1060653
10525455_656022437821809_1459398693_n

Anúncios

Tour du Mont Blanc – I

Lembram-se da Heidi, a menina das montanhas, a saltitar pelos Alpes suíços? Pois bem, foi como me senti durante o TMB. Quer dizer, nem sempre saltitei, mas há pormenores dispensáveis, certo?! Foram percorridos cerca de 170 km, passando por 3 países e perfazendo um total de 10 mil metros de desnível. O nosso mentor foi o Mont Blanc, aquele que nos propusemos circundar durante 9 dias. Loucura sadia, esta! Claro que houve momentos fisicamente exigentes, mas o desafio foi, acima de tudo, mental. Nós, seres humanos, temos uma energia e força interior que, muitas vezes, só  percebemos e valorizamos quando saímos da dita zona de conforto. Somos absolutamente incríveis!

Irei (nesta e nas publicações seguintes) partilhar breves relatos da experiência vivida (e sentida), assim como algumas fotografias. Deixo ainda um desejo: que todos possam, um dia, gozar a paz da montanha; pelo menos um dia.

p1080047p1070214

Dia 1Les Houches – Les Contamines (França)
Tudo começou em Chamonix. Bem cedo dirigimo-nos ao ponto de partida da aventura – Les Houches. Preparados? Claro que sim! Neste dia esperavam-nos 19,5 km de percurso. Foi um dia longo e com algumas surpresas pelo meio. A paisagem variou entre a cor esperança e o branco da neve que cobria parte da rocha montanhosa. No final, merecedores, fomos brindados com tons laranja de um belo pôr-do-sol. Cansados, mas o entusiasmo da primeira etapa cumprida prevaleceu. Amanhã há mais…

p1060022
Aiguille du Midi

p1060142p1060202p1060176p1060181p1060161p1060217p1060290