Las Médulas

Desde que nasci a proximidade com os nuestros hermanos é demasiado estreita. (Tal é a familiaridade que, quando estou em Caminha, ou o telemóvel está na opção de procura de rede manual ou, caso esteja em automática, sou agradavelmente surpreendida com um bienvenido)
Gosto de Espanha. Gosto das suas gentes, alegria e simpatia. Gosto do modo como recebem e da diversidade que oferecem. Hoje apeteceu-me visitar o país vizinho. A viagem leva-nos ao norte de Espanha, até província de Léon, mais concretamente à terra do ouro, Las Médulas. Este local foi durante cerca de três séculos a maior exploração de ouro do Império Romano. É na primavera e no verão que  o verde dos carvalhos e dos castanheiros contrastam com a intensidade dos tons alaranjados da terra. Esta paisagem é de tal forma única e mágica que carrega o peso de uns quantos galardões:  “Bem de Interesse Cultural”, em 1996, devido ao seu interesse arqueológico; em 1997, a UNESCO declarou como Paisagem Cultural da Humanidade; em 2002, foi ainda premiado com o título “Monumento Natural” e em 2010 “Espaço Cultural”.

Bienvenidos a la magia de  Las Médulas!!

P1040804P1040805P1040811P1040827P1040835P1040849P1040836.JPGP1040850P1040852